Workshop apresenta estudos de viabilidade técnica para Parques Tecnológicos de oito cidades mineiras


Araxá, Brumadinho, Diamantina, Lavras, Montes Claros, Alto Paranaíba (Patrocínio e Patos de Minas), São João Del Rei e Teófilo Otoni poderão ganhar, brevemente, um forte instrumento indutor de desenvolvimento social e econômico. Na última semana o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Vicente Gamarano presidiu o encontro onde foram apresentados os resultados dos estudos de viabilidade técnica para os parques tecnológicos destas cidades, promovido em parceria com o Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (Centev/UFV). Na oportunidade, o secretário Vicente Gamarano e a superintendete de Inovação Tecnológica, Brenda Alves, receberam o relatório dos resultados, entregue pela diretora executiva do Centev, Adriana Ferreira de Faria.

Instrumentos irradiadores de desenvolvimento econômico e social, os Parques Tecnológicos compreendem uma área física delimitada, urbanizada de forma a atender a empresas intensivas em tecnologia que se estabelecem próximas de uma universidade com o objetivo de aproveitar a capacidade científica e técnica dos pesquisadores e seus laboratórios. Investimentos de longo prazo, normalmente os parques são geridos por especialistas, cujo principal objetivo é aumentar o bem-estar da comunidade em que se insere, promovendo a cultura de inovação e da competitividade das empresas e instituições baseadas no conhecimento.

De acordo com o secretário de Estado  de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior,  Vicente Gamarano, os parques tecnológicos fazem parte de um conjunto de política de ações estratégicas da pasta da Ciência e Tecnologia que não se colhem resultados em curto prazo. ?É necessário muito investimento e sei que toda a equipe da Sectes plantou as sementes necessárias que serão colhidas no fututo?, afirmou Gamarano, completando que somente o investimento na educação será capaz de transformar a sociedade. ?Conhecimento adquirido e quardado para si não tem o mesmo valor quando compartilhado. E os Parques Tecnológicos proporcionam esta troca de conhecimento para uma sociedade melhor?.

Presente na reunião, o deputado federal Narcio Rodrigues afirmou que, quando ocupava o cargo de secretário da Sectes, sempre se empenhou para o desenvolvimento dos parques tecnológicos. ?O Governo de Minas fechou um compromisso com essas iniciativas e sei que firmamos um ponto de partida importante para a consolidação desses parques. Este documento apresentado hoje é um resultado de trabalho da secretaria que gostaria de vê-lo desdobrando.

Comentários

Mais vistas da semana

Alferes Linux - A Plataforma Tecnológica Corporativa da Polícia Militar de Minas Gerais

LibreCAD uma alternativa CAD 2D livre

Software Livre na Administração Pública

Inteligência artificial estará no centro da computação, diz CEO do Google

Melhore seu Python com um shell interativo