Postagens

Mostrando postagens com o rótulo inteligência artificial

O futuro singular pode ser bom. Depende de nós

Imagem
Basta que tenhamos consciência dos 10 princípios que devem reger as próxima décadas, alerta o futurólogo Gerd Leonhard no CIAB 2018 Máquinas dominando o homem, carros autônomos e até voadores, vida eterna. Seria o fim dos tempos? Muitas pessoas acreditam em um futuro caótico, mas na visão do futurista e CEO da Agência do Futuro, Gerd Leonhard, o dia de amanhã é melhor do que pensamos. “Há problemas que tecnologias não resolvem como os sociais e os políticos, mas o futuro não é ruim”, sentenciou ele em apresentação no CIAB 2018, evento sobre tecnologia bancária realizado em São Paulo, de 12 a 14 de junho. Falando sobre tecnologia, humanidades e mudanças exponenciais, Leonhard listou dez princípios para o futuro que você precisa conhecer hoje. Exponencial é o novo normal. O pensamento linear será prejudicial Em 2015, o mundo gerou 12 Zetabytes de informações. Em 2020, serão 47 Zetabytes e em 2025, 163 Zetabytes. O volume de informações cresce exponencialmente, revelou o esp

Bovinos online: agricultores estão usando inteligência artificial para ajudar a monitorar vacas

Imagem
SÃO FRANCISCO (AP) - O mundo está preparado para vacas armadas com inteligência artificial? Não há tempo para refletir sobre isso porque o momento chegou, graças a uma empresa holandesa que se casou com duas tecnologias - sensores de movimento e IA - com o objetivo de trazer o celeiro para o século XXI. A empresa, Connecterra, trouxe o seu sistema IDA, ou "Assistente do Agricultor de Lácteos Inteligente", para os Estados Unidos, depois de o ter pilotado na Europa durante vários anos. A IDA usa um dispositivo de detecção de movimento acoplado ao pescoço de uma vaca para transmitir seus movimentos a um programa dirigido por IA. Os dados do sensor, quando alinhados repetidamente com o comportamento do mundo real, eventualmente permitem que a IDA conte apenas com os dados quando uma vaca está ruminando, deitando-se, caminhando, bebendo ou comendo. Esses indicadores podem prever se uma vaca em particular está doente, se tornou menos produtiva ou está pronta para se repr

Combate ao fogo com aprendizado de máquina: dois alunos usam o TensorFlow para prever incêndios florestais

Imagem
Sempre que tenho uma chance, pego minha câmera e passo horas capturando a beleza imaculada do Big Basin State Park. Tem sido meu passatempo favorito por anos. Sequóias gigantes, que são as maiores árvores do mundo e a maior coisa viva em volume, sempre me ajudam a entender nossa conexão com algo maior que nós mesmos. No ano passado, aquelas árvores imponentes estavam sendo transformadas em cinzas por incêndios florestais. 2017 foi a estação de incêndios florestais mais destrutiva da Califórnia já registrada, com mais de 9.000 incêndios queimando aproximadamente 2.200 quilômetros quadrados de floresta. Observando a destruição de árvores centenárias, eu me desafiei a encontrar uma solução para impedir essa perda colossal. Quando eu tinha 15 anos, eu comecei uma organização sem fins lucrativos, a Raindrop US, para ajudar a aumentar a conscientização sobre a seca na Califórnia. Eu também criei a “Sociedade Verde” na minha escola, Monta Vista High School, para aumentar a conscien

Os Sete Princípios que passam a orientar o trabalho de IA Google daqui para frente

Imagem
No fundo, a IA é uma programação de computador que aprende e se adapta. Não pode resolver todos os problemas, mas seu potencial para melhorar nossas vidas é profundo. No Google, usamos a AI para tornar os produtos mais úteis, desde e-mails livres de spam e mais fáceis de compor , até um assistente digital com quem você pode falar naturalmente , até fotos que tiram o material divertido para você aproveitar. Além de nossos produtos, estamos usando a AI para ajudar as pessoas a lidar com problemas urgentes. Um par de estudantes do ensino médio está construindo sensores alimentados por inteligência artificial para prever o risco de incêndios florestais . Os agricultores estão usando para monitorar a saúde de seus rebanhos . Os médicos estão começando a usar a inteligência artificial para ajudar a diagnosticar o câncer e prevenir a cegueira . Esses benefícios claros são o motivo pelo qual o Google investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento de inteligência artificial e torna as

Ebook gratuito oferece insights sobre 16 projetos de IA de código aberto (livro em inglês)

Imagem
A IA de código aberto está florescendo, com empresas desenvolvendo e abrindo mão de novas ferramentas de IA e aprendizado de máquina em um ritmo rápido. Para ajudá-lo a acompanhar as mudanças e manter-se informado sobre os projetos mais recentes, a Linux Foundation publicou um ebook gratuito de Ibrahim Haddad examinando projetos populares de IA de código aberto, incluindo Acumos AI , Apache Spark, Caffe, TensorFlow e outros. “É cada vez mais comum ver a IA como projetos de código aberto”, disse Haddad. E, “como acontece com qualquer tecnologia em que os prêmios de talentos são altos, os efeitos de rede do código aberto são muito fortes”. Open Source AI: Projetos, Insights e Tendências analisa 16 projetos de IA de código aberto - fornecendo informações detalhadas sobre suas histórias, bases de código e contribuições do GitHub. Neste livro com mais de 100 páginas, você obterá insights sobre os vários projetos, bem como sobre o estado da IA ​​de código aberto em

Aplicação da inteligência artificial no Judiciário é tema de Encontro organizado pela Enfam

Imagem
Em evento realizado nesta segunda-feira (20), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reuniu instituições públicas do setor jurídico, representantes de empresas da área de tecnologia e pesquisadores para discutir a aplicação da inteligência artificial na Justiça brasileira. O debate foi organizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e teve como coordenador científico o ministro Villas Bôas Cueva. “Pretendemos fazer o primeiro ensaio de uma política pública voltada para o desenvolvimento da inteligência artificial, sempre buscando a melhoria da prestação jurisdicional”, afirmou o ministro. Soluções caseiras   O procurador federal Eduardo Lang, da Advocacia-Geral da União (AGU), apresentou o programa Sapiens, criado pela instituição. Em uso desde 2013, a plataforma foi desenvolvida a partir de código aberto e sem o pagamento de licenças. Segundo Lang, o alto volume de trabalho levou a instituição a buscar soluções para dar conta da demanda

IBM firma parcerias para levar computação cognitiva para dentro de nossas casas

Imagem
Companhia anunciou que trabalhará com Panasonic e Whirpool para acrescentar capacidades do Watson aos produtos das empresas parceiras Não contente em ajudar na busca pela cura do câncer e ganhar o jogo Jeopardy, o sistema de computação cognitiva da IBM quer estar dentro de nossas cabeças e nossas casas, "sussurrando" instruções em óculos sem fio e nos ajudando a lavar a roupa. Essa a mensagem que a chefe global do Watson IoT da IBM, Harriet Green, deu em palestra na IFA em Berlim.  A IBM trabalhará com a fabricante de eletrodomésticos Whirpool e a Panasonic, além da empresa de headphones sem fio Bragi e fabricante de eletrônicos Withings (comprada recentemente pela Nokia) para acrescentar as capacidades computacionais cognitivas do Watson aos seus produtos, anunciou a companhia.  E em resumo, essas capacidades poderiam ajudar os dispositivos a conversarem um com os outros ou com seus próprios usuários.  Por exemplo, uma máquina de lavar poderia dizer

Especial: como a Inteligência Artificial mudará nossas vidas até 2030

Imagem
Cientistas projetam impacto da tecnologia no transporte, educação, segurança. Todas as áreas serão afetadas pelas máquinas inteligentes Até o ano de 2030, a Inteligência aArtificial (I.A.), terá mudado a nossa forma de ir para o trabalho, de cuidar da nossa saúde e de como nossos filhos serão educados. Esse é o consenso entre especialistas acadêmicos e de tecnologia que participam no estudo "One Hundred Year Study on Artificial Intelligence", da Universidade de Stanford. Focado em tentar prever os avanços da Inteligência Artificial, bem como os desafios éticos decorrentes, o grupo divulgou esta semana o seu primeiro relatório: “ Artificial Intelligence and Life in 2030 ". Aborda temas como saúde, segurança, entretenimento, educação, robôs de serviço, transporte e comunidades pobres - e tenta prever como as tecnologias inteligentes afetarão a vida urbana. Os pesquisadores esperam que, ao pensar sobre o futuro, eles possam antecipar as mudanças - os b

Eric Schmidt diz que Hawking e Musk estão errados sobre futuro da IA

Imagem
Para Eric Schmidt, presidente do conselho da Alphabet - empresa "mãe do Google", o renomado físico britânico Stephen Hawking e criador da SpaceX, Elon Musk, não estão muito na posição de preverem com precisão o futuro a Inteligência Artificial. Em resumo, o que Schmidt quis dizer é que, bem, os dois não são cientistas da computação. Nessa quinta-feira, Schmidt participou do painel “Brilliant Minds”, em um simpósio em Estocolmo, e falou sobre as previsões de Hawking e Musk.  “No caso de Stephen Hawking, apesar de ser um homem brilhante, ele não é um cientista da computação. Elon [Musk] que também é um homem brilhante, apesar de também ser um físico, não é um cientista da computação”, disse o executivo. Em 2015, Hawking, Musk e outros especialistas em inteligência artificial assinaram uma carta aberta onde pediam maior atenção sobre os impactos do desenvolvimento da Inteligência Artificial, alertando para a criação de tecnologias que o homem não poderia con

EUA mostram preocupação com avanço da Inteligência Artificial

Imagem
A Casa Branca revelou preocupação com relação ao avanço de tecnologias capazes de tomar decisões automatizadas – inteligentes ou nem tanto. Em dois momentos ao longo da última semana, o governo norte-americano deixou claro que tem reticências quanto ao futuro que surge com a popularização da inteligência artificial. O primeiro sinal foi quando a administração do presidente Barack Obama lançou um relatório que examina os problemas associados ao desenvolvimento de sistemas de aprendizado de máquinas mal projetados ou com códigos escritos de forma precária. Assim, enquanto se tornam ferramentas mais comuns para tomada de decisão, esses algoritmos podem falhar no rumo das escolhas e, consequentemente, impactar gravemente a vida de milhares de pessoas, em diversas áreas da economia. O receio dos governantes é que a decisão tomada a partir da inteligência dessas máquinas gere impactos catastróficos em temas como emprego, educação, acesso a linhas de crédito e assim

Inteligência artificial estará no centro da computação, diz CEO do Google

Imagem
A cada década ou mais, uma nova era de computação surge para redefinir tudo o que fazemos. Muito do que aconteceu nos anos 1990 se concentrava no modelo cliente-servidor e PCs Windows. Depois, a web assumiu praticamente qualquer coisa e todo anúncio carregava uma URL. Na sequência, veio o iPhone e nós estamos no meio de uma década definida por pessoas tocando incessantemente suas pequenas telas móveis.  Então o que podemos esperar para o futuro quando o mobile dá forma a tudo? Mark Zuckerberg defende que a realidade virtual estará no centro da computação, mas há uma tecnologia mais fundamental que torna possível a realidade virtual e permeia outras áreas paralelas. “Eu realmente acredito que a longo prazo nós evoluiremos de uma computação focada no mobile para um mundo focado em inteligência artificial”, disse o CEO do Google, Sundar Pichai, ao responder uma pergunta de um analista durante conferência sobre os resultados do trimestre da Alphabet, holding que

Atenção, AI está entre nós e seu interlocutor pode não ser um humano.

Imagem
Veja como a startup x.ai pretende revolucionar o processo de agendamento de reuniões a partir de recursos de inteligência artificial A próxima vez que você marcar uma reunião e uma assistente com nome de Amy ou Andrew acertar os detalhes, aqui vai uma dica: você pode estar conversando com um robô. Dependendo da qualidade da tecnologia, talvez a diferença da conversa com a máquina, se comparada com humano, seja imperceptível! Recentemente tive uma experiência nesse sentido. Enviei uma mensagem para tentar marcar uma entrevista com o CEO da x.ai. A “assistente” sugeriu uma data/horário e bloqueou nossas agendas de uma maneira tão natural que não percebi que meu interlocutor não era um humano. Criada em 2014, a x.ia atua com apenas um tipo de serviço: agendamento de reuniões. Para isso, criou um mecanismo de inteligência artificial para realizar essas tarefas – que, em alguns casos, pode ser bem complexa. A tecnologia necessita duas capacidades fundamentais. Uma de

Google atualiza sistema de inteligência artificial open source

Imagem
O futuro da computação é uma batalha para levar inteligência artificial para o centro do mundo. De olho nessa tendência, o Google está atualizando sua ferramenta de aprendizado de máquina para melhorar alguns dos serviços mais populares, incluindo o Google Translate e o Google Photos. O TensorFlow pode ser usado para ajudar a ensinar computadores como processar dados de forma semelhante à forma como o cérebro humano processa informações. Ele também é open source, o que significa que o Google publicou e compartilhou o código on-line para que desenvolvedores podem usar e melhorá-lo. A versão mais recente, divulgada pelo Google na quarta-feira (13/4), adiciona um recurso que muitos usuários do TensorFlow tinham pedido em sua estreia, no final de 2015: a capacidade de operar em vários dispositivos. Em vez de limitar capacidades de processamento em um único computador, ele pode usar redes distribuídas para lidar com tarefas mais complicadas. Assim, agora o

Linux em 25 anos: IEEE Spectrum entrevista Linus Torvalds

Imagem
O criador do Kernel Linux fala sobre o seu passado, presente e futuro Linus Torvalds criou o núcleo original do sistema operacional Linux em 1991 como um estudante de ciência da computação na Universidade de Helsinki, na Finlândia. Linux cresceu rapidamente em um sistema operacional completo que agora pode ser encontrado correndo smartphones, servidores e todos os tipos de gadgets. Nesta entrevista por e-mail, Torvalds reflete no último quarto de século e que os próximos 25 anos poderia trazer. Stephen Cass: Você é um programador muito mais experiente agora contra 25 anos atrás. O que é uma coisa que você sabe agora que você deseja que seu eu mais jovem deveria saber? Linus Torvalds: Na verdade, eu credito o fato de que eu não sabia o que diabos eu estava me preparando, é uma grande parte do sucesso do Linux. Se eu soubesse o que sei hoje, quando eu comecei, eu nunca teria tido a ousadia de começar a escrever o meu próprio sistema operacional: Você precisa d

Computador Watson, da IBM, já é capaz de detectar emoções humanas

Imagem
Ao longo do tempo, os robôs tenham ganhado uma má reputação por sua incapacidade de compreender as emoções dos seres humanos. Mas uma nova atualização IBM Watson pode jogar por terra, de uma vez e para todas, essa crença. Na verdade, a tecnologia de "inteligência artificial" da IBM pode agora compreender os nossos sentimentos. A empresa liberou três novas API do Watson, que tornam possível analisar as emoções e conduzir reconhecimento visual. O resultado da combinação de três parâmetros é uma versão do Watson mais humana e amigável do que aquela conhecida até agora. A IBM está expandindo sua colaboração com marcas líderes de diversos setores - como a Under Armour, Whirlpool ou Softbank, entre muitos outros - com o objetivo de desenvolver dispositivos inteligentes para detectar as emoções dos seres humanos. Na Saúde, temos visto muitos casos que evidenciam seu pleno potencial. Uma aplicação ligado ao Watson, por exemplo, pode prever com uma antecedência de quase três horas

Adeus Watson, vou criar a Noodle | Computerworld

Imagem
Ainda que já existam experiências significativas da inteligência artificial (IA) no âmbito do consumo, a sua utilização na esfera empresarial está ainda a dar os primeiros passos. Stephen Pratt, que deixou há pouco tempo a chefia das operações do supercomputador Watson, para os serviços globais da IBM quer modificar esta tendência. Foi assim, pelo menos, que o CEO deu a conhecer a Noodle Analytics, startup cujo objectivo empresarial é levar o potencial da IA às empresas. Apresentada como “ a empresa de inteligência artificial empresarial”, a Noodle assenta na premissa de que a IA é a grande tecnologia que se segue no espaço empresarial, capaz de fazer a diferença. Qualquer pessoa que tenha realizado pesquisas no Google, navegado com o Waze ou feito compras na Amazon já usou um serviço de IA pensado para o consumidor. Mas “quando a questão é optimizar as vendas ou a cadeia de activos de uma empresa, a IA está ainda na infância” explicou Pratt, “a grande maioria das empresas está a

Microsoft tornará open source plataforma de inteligência artificial

Imagem
A Microsoft tornará aberta sua plataforma usada por pesquisadores internos testarem projetos de inteligência artificial. A chamada plataforma AIX, que já é usada pela divisão Microsoft Research e disponível em versão beta para alguns acadêmicos, permite que pesquisadores testem seus projetos de inteligência artificial dentro do ambiente do jogo Minecraft. A grande novidade é que a AIX também ficará disponível no segundo semestre sob licença open-source, uma forma da Microsoft acelerar o desenvolvimento da inteligência artificial quando centenas de pesquisadores mundo afora poderão tornar a AIX melhor com seus próprios códigos. Usar jogos para evoluir a inteligência artificial não é novidade. O AlphaGo, desenvolvido pelo supercomputador DeepMind do Google, conseguiu três de cinco partidas do jogo milenar Go, perdendo a última para o jogador Lee Se-dol, neste último domingo em Seoul. Entretanto, a Microsoft diz que está focada em projetos que